[ editar artigo]

SUBÚRBIA

SUBÚRBIA

SUBÚRBIA 

MOTE: 
A folga de quem vive só no aperto
É tomar duas doses com o acerto.

GLOSA:
Os carros vêm e vão pela avenida
E o boteco recebe os operários. 
As bebidas disputam seus salários 
Enquanto as donas fazem a comida...
Eles querem a noite mais comprida
Em face do futuro agora incerto.
Fazem hora na volta da cidade
No gozo d'essa breve liberdade:
-- A folga de quem vive só no aperto
É tomar duas doses com o acerto.

Betim - 11 11 2020

Literatura

EternizArte
Ricardo CUNHA
Ricardo CUNHA Seguir

Escrevo. Gosto de escrever. Se sou escritor ou poeta, eu deixo para o leitor ponderar. https://medium.com/@arqt.ricardoc

Ler conteúdo completo
Indicados para você