[ editar artigo]

Soltando Pipa...

Soltando Pipa...

Aprendi a fazer poesia na infância.

Soltava pipa conversando com o céu.

Criança fazendo arte.

Sentimentos de amor e ódio com o vento.

Olhos atentos.

Respiração forte.

Coração pulsante.

As mãos rabiscavam versos nas linhas das nuvens.

Quando a pipa rompia,

meu poema cruzava o céu

e um sopro levava todos os meus sentimento

Literatura

Ler conteúdo completo
Indicados para você