[ editar artigo]

lucidez (Ano Novo)

lucidez (Ano Novo)

Ano novo vida velha,
mais um ano se passou.
Sempre igual a tantos outros,
ano em que nada mudou.

Será que ninguem percebe,
os anos são todos iguais.
São como um veleiro perdido,
que as ondas levam traz.

Olho e vejo o mesmo sol,
as mesmas estrelas brilhando.
Somente a lua é quem muda,
de todos eles zombando.

E o universo tão imenso,
também deve ter um fim.
E como todo fim um começo,
alguém explique pra mim.

Literatura

EternizArte
Claudio Silva
Claudio Silva Seguir

Sou um sonhador mor, gosto de ler ,viajar conhecer lugares diferentes, de escrever poesias, amo a natureza e a liberdade como o maior bem que o ser humano tem.

Ler conteúdo completo
Indicados para você