[ editar artigo]

Priscas eras

Priscas eras

Nem ganhador do Pulitzer

poderia antecipar,

em manchete qualquer,

tal questão peculiar:

existe algum plano

para este ano a começar?

 

Não!

Surge resposta rampeira...

Apenas a rotineira

subversão do senso

e o contumaz escárnio,

aos anseios de redenção

de aturdida população.

 

Portanto,

desejo estar em priscas eras,

de esperança sem devaneios,

sem  realidades etéreas.

Com expectativas de realizações,

sem "patrulhamento" de ações

e de pensamentos alheios.  

 

Quando planos eram pensados,

e de quando em vez realizados...

Literatura

EternizArte
Helio Valim
Helio Valim Seguir

Alguém interessado em usar a poesia como uma crônica poética do cotidiano, com realismo e imaginação. Com mais de 30 anos no magistério superior tendo lecionado em Instituições de Ensino no Rio de Janeiro. Mestre em Engenharia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você