[ editar artigo]

Poeta é o mar

 

Mar, eu não sei fazer poesia, se eu soubesse agora discorria e sairia inspiração/unção; como a magia do pescador a navegação.

Mas, não sei fazer poesia, se eu soubesse contaria o que se passa entre o veleiro e a ventania.

Eis que tu mar, sim é poeta!

Calado é uma bela tela; revolto eloquente canção.

Ah se eu soubesse fazer poesia...

Ao teu respeito eu diria,

Na aurora matinal és berço do sol claro!

Com uma sonoridade peculiar compõe em todas as estações;

No ápice da sua grandeza proteges as mais belas criaturas marinhas, como que um Universo embutido num outro Universo.

O mar sim é poeta; reflexo do luzeiro!

Como quem toma do céu as estrelas que se confundem com os peixes que vem a beira brincar.

Shew 22/06/16

Literatura

TAGS

Poesia

EternizArte
Ler conteúdo completo
Indicados para você