[ editar artigo]

Pai Nosso

Pai Nosso

Querido Deus
Tu que estás nos céus
E em toda parte
Teu nome seja
Como poesia
Cantado e enaltecido
Todos os dias

Tua lei e teu senso de justiça
Nos tome por inteiro
Todo o tempo
E, antes de nós, 
Homens e Anjos
Nos deleitarmos
Em nossos prazeres
Façamos, primeiro
O teu anseio

Sou grato
quando me tornas pronto
Para o alimento sólido
Agradeço ainda
De coração
Tua absolvição
Quando ainda nem perdoei a mim
Me ensina também
A não condenar outrem
Pelo que rejeito
E pelos desacertos
Que já cometi

Acende as candeias
Da minha mente
Para não pecar
Contra ti
E livra-me todo dia
Do mal que habita
Em mim

Literatura

EternizArte
Fabiana Amorim
Fabiana Amorim Seguir

Às vezes sou estrela Às vezes peregrina Sou também vento E, por vezes, Brisa leve De vez em quando Tempestade Mas, Em raros e bons Tempos me torno flor

Ler conteúdo completo
Indicados para você