[ editar artigo]

Nem era sobre isso

Nem era sobre isso

Quando escrevo
Não peço licença
Pra ser egocêntrica

Mas
Quando falo de você
Ainda assim
Falo de mim

Mas
Me diz, no fim,
Quem não é assim?

Quando falo
Da tua dor
Falo da dor q vejo em ti
Falo da dor q meu peito vê
Falo da dor que mora em mim

Quando falo
Da tua luz
Falo da luz que vejo em ti
Falo da luz que meus olhos vêm
Falo da luz dos olhos meus
Falo da luz que há em mim

E quando me calo
...


Quando todos os sentimentos
Estão emaranhados
Quando passam correndo
Por dentro e tão rápido
Que nem eu mesma capto
...mas sinto
...e muito
...e canso
...e calo

Literatura

EternizArte
Fabiana Amorim
Fabiana Amorim Seguir

Às vezes sou estrela Às vezes peregrina Sou também vento E, por vezes, Brisa leve De vez em quando Tempestade Mas, Em raros e bons Tempos me torno flor

Ler conteúdo completo
Indicados para você