[ editar artigo]

Naufragados!

Naufragados!

Em Naufragados, a caiçara
a mulher... a musa
caminha com liberdade nua, 
os pés descalços
Sentindo os grãos de areia
Massageando o teu todo
Passo a passo, tatue suas pegadas
ao largo das onda serenas
Enquanto a maresia sopra suave
Embalando as águas tranquilas
Ali, nesta praia... onde o mar
nem parece salgado
Eu diria que seria a beira do lago
deixando a alma leve
o corpo inteiramente relaxado
(DiCello, 30/10/2020)

Praia dos Naufragados - Florianópolis - SC - Brasil

 

Literatura

EternizArte
Marcelo Fouquet Rosembrock
Marcelo Fouquet Rosembrock Seguir

Assino meus textos com o pseudônimo DiCello

Ler conteúdo completo
Indicados para você