[ editar artigo]

NÃO CRIEI POEMAS HOJE

NÃO CRIEI POEMAS HOJE

Não crie poemas hoje;

nem ontem;

nem antes de ontem;

nem antes de antes de ontem;

tampouco antes de antes de antes de ontem.

 

Já faz uma semana que não do louvores a lua por ser grande e perfeita.

Nem as margaridas por florescerem tão delicadas;

Nem a ilustre pessoa que voz fala.

 

Nem a olhei no espelho;

Tampouco agradeci por sobreviver a luta de todo dia.

E não cantei diante do chuveiro as magoas de toda manhã.

 

Não fiz nada. O mundo me fez por mim.

Me fez trabalhar para viver;

Me fez viver para trabalhar;

Me fez brotar e murchar como uma cenoura velha.

 

Mas tentei sorrir pra ele.

E cantar pra ele;

E poetizar à ele pelas dores de cada noite.

Mas já faz uma semana que não brota nada do solo antigo de minha mente jovem.

 

Literatura

EternizArte
Bianca Blauth
Bianca Blauth Seguir

Alguém cujo jardim ainda está florescendo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você