[ editar artigo]

Música Triste

Música Triste

Pra fazer uma música triste
Da dor que em batucar insiste
Não é preciso muito
Põe lá um Fá diminuto
E brinca de dedilhar

Dá Dó na dor do meu peito
E vai doendo tanto e de um jeito
Que dá forma a um acorde menor
E até minhas veias dão nó

Se somo a um violino
Um amor vitelino
Fica difícil não sofrer
A passos do maldizer
Coração a descompassar

Esse negócio de gostar
Torna Impossível esquecer
E o Mi menor a vibrar

Tensiono as cordas do violão
Mas quem aperta é o coração
E o ritornelo  a açoitar

Pego uma taça, tomo um vinho
Me sinto ainda mais sozinho
Um fiozinho de esperança persiste
Só pra findar minha música triste
Toco o Sol pra meu dia sonhar

Toco o Sol pra melodia afinar

Afinal

Literatura

EternizArte
Fabiana Amorim
Fabiana Amorim Seguir

Às vezes sou estrela Às vezes peregrina Sou também vento E, por vezes, Brisa leve De vez em quando Tempestade Mas, Em raros e bons Tempos me torno flor

Ler conteúdo completo
Indicados para você