[ editar artigo]

Mãe

Mãe

Esta homenagem que fiz
me da um orgulho profundo
pois nestes versos eu falo
da mulher mais importante do mudo.

Nos carregou nove meses
com muito cuidado e amor
e mesmo na hora do parto
nos amou sentindo dor.

Nosso primeiro alimento
veio dos seus dois peitos
e quando agente chorava
ela sempre dava um jeito.


Compreendia nosso choro
entendia nosso olhar
se estava sentindo dor
ou se só queria brincar.


No berço agente chorava
quando a noite estava fria
em seu braços nos pegava
seu corpo nos aquecia.


Quando começamos a andar
sempre perto ela estava
e quando agente caía
ela sempre nos levantava.


E quando na adolescência
saiamos para algum lugar
ela na vigília da noite
ficava a nos esperar.
e só conseguia dormir
quando nos via chegar.


E mesmo agora casados
com filhos e netos também
para ela continuamos
como se fossemos neném.


Estes versos que eu fiz
foi com carinho, amor e emoção
pois te amo mãe querida
do fundo do coração.

Literatura

EternizArte
Claudio Silva
Claudio Silva Seguir

Sou um sonhador mor, gosto de ler ,viajar conhecer lugares diferentes, de escrever poesias, amo a natureza e a liberdade como o maior bem que o ser humano tem.

Ler conteúdo completo
Indicados para você