[ editar artigo]

Eu solidão.

Eu solidão.

O eu solidão já não

existe 

Não posso ver a lua 

nem as estrelas

As portas industriais fechadas 

a prisão disfarçada de sucesso 

Pela janela avistei um gatinho 

que feliz estava solitário

Não como coisa ruim mas uma

solidão de universo, paz equilíbrio

O eu solidão já não existe 

tantas pessoas, casas, carros, e vazios 

Talvez a solidão seja a liberdade e o sucesso a prisão

Você se torna um escravo das coisas que achou ser solução

Olha o gatinho solitário lá fora 

na sua solidão de universo 

O eu solidão já não existe.

 

 

 

 

Literatura

TAGS

Eu solidao

EternizArte
Everaldo Ferreira.
Everaldo Ferreira. Seguir

Eu sou aquele que caminha na arte da escrita. @everaldo9463 Instagram

Ler conteúdo completo
Indicados para você