[ editar artigo]

eu

eu

Às vezes sou estrela
Às vezes peregrina 
Sou também vento
E, por vezes,
Brisa leve
De vez em quando
Tempestade
Mas,
Em raros e bons
Tempos
Me torno flor

Literatura

EternizArte
Fabiana Amorim
Fabiana Amorim Seguir

Às vezes sou estrela Às vezes peregrina Sou também vento E, por vezes, Brisa leve De vez em quando Tempestade Mas, Em raros e bons Tempos me torno flor

Ler conteúdo completo
Indicados para você