[ editar artigo]

Emoções no rolimã

Emoções no rolimã

 

Carrinhos de rolimã!

Singelamente construídos

com tábuas, restos de obra,

rolamentos automotivos

e sonho executado com afã.

 

Carrinhos de rolimã!

Surfam nas ondas do asfalto

em manobras no concreto,

velozes no tubo mais alto,

na garantia do freio de chinelo.

 

Carrinhos de rolimã!

Em imprevisíveis manobras radicais

vivenciam urbanas experiências,

rolando velozes, descendo ladeiras,

na cidade, pegando ondas maneiras.  

 

Carrinhos de rolimã!

Livres, correndo pelo prazer,

deslizam com imensa emoção,

sem disputa ou competição,

apenas o simples sobreviver.

 

Carrinhos de rolimã!

Na brincadeira da infância

a incansável felicidade,

talvez Juvenil inconsequência,

que se perde com a maturidade.

Literatura

EternizArte
Helio Valim
Helio Valim Seguir

Alguém interessado em usar a poesia como uma crônica poética do cotidiano, com realismo e imaginação. Com mais de 30 anos no magistério superior tendo lecionado em Instituições de Ensino no Rio de Janeiro. Mestre em Engenharia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você