[ editar artigo]

Embuste pra todo lado

Embuste pra todo lado

 

Nosso mundo tá falido...

Tem embuste pra todo lado...

 

Vive-se em crise com a verdade.

São tantos farsantes falando em catarse,

criando ruídos, ofuscando a sociedade.

Impostores atordoando a serenidade.

 

Entrou-se em colisão com a sanidade

de modo a absorver o fim da sinceridade,

mas nem os plácidos, ainda, suportam  

essa perpétua falta de razão.

 

Os lhanos perderam espaço

para os argutos de plantão,

que vendem pontes, aos incautos,

quem sabe até Plutão.

 

Oferecem estereótipos pálidos

a uma imensidão de tolos cálidos

que os consomem crédulos,

sem qualquer dúvida, nada céticos...

 

Nosso mundo tá falido...

Tem embuste pra todo lado...

Literatura

EternizArte
Helio Valim
Helio Valim Seguir

Alguém interessado em usar a poesia como uma crônica poética do cotidiano, com realismo e imaginação. Com mais de 30 anos no magistério superior tendo lecionado em Instituições de Ensino no Rio de Janeiro. Mestre em Engenharia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você