[ editar artigo]

DESVIO

DESVIO

Hoje eu senti um desvio

Um desvio de mim

De meu corpo.

 

Como se amanhã já não estivesse aqui

E nada mais seria igual

Sem mim.

 

Gritei te amo até ao estranho da esquina

Como se pudesse livrar o amor que ocultei por todos

Antes de me perder amanhã.

 

Te amo

Te amo

E só te amo sem nada.

Digo que é interesse. Digo que só tenho interesse

Mas te amo

E só amo

E se amanhã já não estiver aqui

Lembrem-se.

Eu amo.

Literatura

EternizArte
Bianca Blauth
Bianca Blauth Seguir

Alguém cujo jardim ainda está florescendo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você