[ editar artigo]

demônio

demônio

 

Tento cativar meus sonhos...

Entre a tristeza do amanhã e do hoje

Pois os demônios se aproximam quando o coração está quebrado.

Entre as esquinas dos meus sonhos

Os demônios se perdem e enlouquecem sem me alcançar.

Mas as vezes eu também me perco

E você também se perde

caímos na realidade e ela...

Ela prende a gente no mundo

Ela suga nossa infância

Ela rouba os sonhos tão bonitos

leva embora a gargalhada criança

Traz a dor das lágrimas adultas.

Traz a seriedade de uma morte próxima.

Mas às vezes

Sem intenção 

Ela traz um amor doce

Um prazer de viver

Às vezes ela nos dá sonhos

E outras rouba tudo de uma vez.

 

Literatura

EternizArte
Bianca Blauth
Bianca Blauth Seguir

Alguém cujo jardim ainda está florescendo.

Ler conteúdo completo
Indicados para você