[ editar artigo]

Brincadeiras da lembrança

Brincadeiras da lembrança

Bolhas de sabão

voam no anil

sobre seu sorriso

maroto e pueril.

 

Na cor da luz,

ao sabor do vento,

compõem um acalento

que me comove e seduz.

 

Brincando soltas.

lembram bolas de cristal

ou, apenas vidro,

como brincadeira de quintal.

 

Imagens de infância

povoam a memória suburbana,

com diversões cotidianas,

e deliciosas lembranças.

Literatura

EternizArte
Helio Valim
Helio Valim Seguir

Alguém interessado em usar a poesia como uma crônica poética do cotidiano, com realismo e imaginação. Com mais de 30 anos no magistério superior tendo lecionado em Instituições de Ensino no Rio de Janeiro. Mestre em Engenharia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você