[ editar artigo]

Beija-flor (Amante infiel)

Beija-flor (Amante infiel)

 

Bate tuas asas

no compasso dessa cor.

Na velocidade que abraças

esqueces até a dor.

 

Beije essa flor,

lacônico amante,

envolve-a com teu amor

impulsivo e vibrante.

 

Sem tempo para fidelidade,

sem espaço para ficar,

na busca da tua saciedade.

 

Eterno amante infiel

voe para o próximo néctar,

na trilha de cobiçado mel.

Literatura

EternizArte
Helio Valim
Helio Valim Seguir

Alguém interessado em usar a poesia como uma crônica poética do cotidiano, com realismo e imaginação. Com mais de 30 anos no magistério superior tendo lecionado em Instituições de Ensino no Rio de Janeiro. Mestre em Engenharia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você