[ editar artigo]

Amar é verbo

Amar é verbo

 

Do amor não vou falar,

mas, do ato de amar

silenciar não tentarei.

Amar, nesta vida é lei

e isto não questionarei.

 

A capacidade de se doar

é inata naquele que ama.

Como o cheiro da grama

que úmida impregna o ar

e à paz a todos conclama.

 

Amar é tenra grama

neste complexo jardim,

onde coloridas flores

florescem em amores

de quintais sem fim.

 

Amor é intenso,

rima com calor e paixão.

Amar é puro consenso

vai além da emoção.

É ato generoso, é doação...

 

Amor é substantivo.

Amar é verbo, é ação...

Literatura

TAGS

poema

amar

EternizArte
Helio Valim
Helio Valim Seguir

Alguém interessado em usar a poesia como uma crônica poética do cotidiano, com realismo e imaginação. Com mais de 30 anos no magistério superior tendo lecionado em Instituições de Ensino no Rio de Janeiro. Mestre em Engenharia.

Ler conteúdo completo
Indicados para você