[ editar artigo]

Não solte a mão do seu irmão

Não solte a mão do seu irmão

Não solte a mão do seu irmão

 

Na vida, procure praticar o bem 

Coisas que emanam do coração  

Fazer aquilo que a razão pede  

E enxergar quem está caído no chão  

Ajudar quem mais de nós necessita  

Muita gente por socorro grita, 

Não solte a mão do seu irmão! 

Há pessoas que dependem de nós  

E vivem à mercê da escuridão  

Em sua casa não há energia  

Pra comer, nenhum pedaço de pão  

Gente que vive à se lamentar 

Não custa nada a gente ajudar,  

Não solte a mão do seu irmão! 

Gente que não tem um teto sequer  

E conhece de perto a solidão  

Pois vive em situação de rua  

Sem aquietar o seu coração  

Tem ser que é tão displicente  

E sabe ser tão frio e indiferente,  

Não solte a mão do seu irmão! 

Fazer o bem é lindo e de graça  

Sempre que puder estenda a mão  

À quem tanto de nós precisa  

E conforte o seu sofrido coração  

Doe comida, remédio, cobertor 

Carinho, abraço, palavras de amor, 

Não solte a mão do seu irmão! 

 

(Autor: Uilen Dias) 

#Poesia #Concurso #PoiesisEternizarte

 

Concurso Poiésis EternizArte

Ler conteúdo completo
Indicados para você