[ editar artigo]

Dismagia

Dismagia

 

Desfeita a magia
E o cantor um charmoso
Se perdeu do glamour.
Sem sensualidade ou carisma
Entoa palavras vãs!
Crítica e mesquinha
Desumana natureza,  a perscrutar...
Lente indiscreta
Denuda a intimidade, de mim em você 
E assim, se revelam
Negativo e fotografia
Intimidade devassada... demarca rugas
Descompõe nariz ...
A sinalizar Irregularidades e imperfeições de nós seres...
Tão humanos e tão pouco comuns!
Transeuntes na vida, sem tabu
A vagar nas estações de metrô
Nas praças, fachadas...
Aos montes e sozinhos
No banco dos jardins aposentados!!!
Em desassossego... Foco e desfoco
Busca desesperada
Âncora e identidade
Sinal ... memória e familiaridade
Num relance, olhar e sorriso: Reencontro!
Tranquila e restituída 
Ressignificado herói 
Enquadramento, troféu e prateleira!
    #Poesia#Concurso#PoiesisEternizarte

Concurso Poiésis EternizArte

EternizArte
Dora Sousa
Dora Sousa Seguir

Mulher de Áries, artista, fotografia, escritora, estudiosa, confiante, amiga, Empreendedora

Ler conteúdo completo
Indicados para você