[ editar artigo]

BARCAROLA

BARCAROLA

Já vai longe a barcarola

conduzindo Helena ao mar.

Vai ligeiro qual carola

E não a deixam me chamar!

 

Ela foi-se antes da hora

E não a obriguei ficar.

Restou a solidão, senhora

Que me atormenta aonde vá.

 

Canta, canta barcarola

Canta o meu pranto além-mar!

Canta que minh’alma chora

Enquanto ela não voltar.

#Poesia #Concurso #PoiesisEternizarte

Concurso Poiésis EternizArte

TAGS

Poesia

EternizArte
Damião da Silva ( Pseudônimo: Damião Seridó)
Damião da Silva ( Pseudônimo: Damião Seridó) Seguir

Sou professor e um amante das artes em geral e mais especificamente um modesto apreciador e praticante da escrita, do desenho e da pintura. Escrevo poesia, crônica, conto, roteiros de HQs( História em Quadrinhos) e artigos diversos.

Ler conteúdo completo
Indicados para você