[ editar artigo]

ARREPIO



Nossos antebraços roçando levemente
e os pelinhos se eriçam sem querermos.
Não é o frio que causa esse arrepio.
Será o medo de que os outros descubram
o amor inopinado que o mundo proibiu?
Ainda não podemos trocar o lado-a-lado social pelo frente-a- frente conjugal.
O arrepio é silente e mais forte do que o grito.
Sem dizer uma só palavra, proclama a força do amor que
o mundo julga interdito.

#Concurso #Poesia #Poiesiseternizarte

Concurso Poiésis EternizArte

EternizArte
Ler conteúdo completo
Indicados para você