[ editar artigo]

A CULPA

A CULPA

Se o mundo para!
Sem ter para onde ir.
Fugindo de um ser invisível, insensível.
De quem é a culpa?

Se as pessoas sufocam
Sem ar para respirar.
Tentando encontrar recursos no vazio da insensatez.
De quem é a culpa?

O que você carrega na suas costas de jabuti?
Medo? Esperança? Alívio? Empatia?
Olhe para a sua carapaça.
Importe-se em não carregar A CULPA.

Muitos sabem que são culpados, pela falta de ar que assola nossa gente amazônica.
E ainda assim, respiram aliviados.

Escolher não ver, deixa a carapaça cheia, repleta!
Repleta de culpa, sim,
Aceite, você contribui para isso.

Seja gente daqui ou daí,
De qualquer raça ou cor,
Com ou sem religião.
É gente, é nossa gente e precisamos cuidar
Para que nossa casa de jabuti
Não carregue A CULPA!

Sheila Santos

#Poesia

#Concurso

#PoiesisEternizarte

@eternizarteoficial

#cogitoeditora

Concurso Poiésis EternizArte

Ler conteúdo completo
Indicados para você