[ editar artigo]

Visões noturnas

Visões noturnas

A imagem dos trilhos veio nítida, apesar da estação estar envolvida em uma névoa cinzenta. O olhar fixava na moça de joelhos sobre os esteios, a cabeça baixa não deixava mostrar o semblante, apenas sentia no ar uma tristeza, uma melancolia. Era jovem, na fisionomia que os sonhos revelam, ao fundo o trem aproxima-se, sem barulho ou alarde. Não sabia do que se tratava, mas pressentia o que aconteceria. No momento que o trem passava virei o rosto, uma música conhecida soava nos ouvidos. Forever live and die.
Não sei por que esse sonho vive no pensamento.   

Ler conteúdo completo
Indicados para você