[ editar artigo]

Vida que se espicha

Vida que se espicha

E nessa vida que se espicha
Espero o tempo passar
Sinto o tic tac da hora
Vejo o sol indo embora
E nada de você chegar

Parece que se perdeu no tempo
E nada além do lamento
Pode te resgatar
Pois quando o sol vai embora
A andorinha canta e chorar
Esperando você voltar

Mas você não volta
E essa angústia me consome
Chego até a perder a fome
E a vontade de respirar

O dia realmente custar a passar
E a noite eu espreito
Fico a contar
Mesmo que sem jeito
As voltas que o relógio dar

Sem nem perceber que
Aquilo que eu quero mais ter
O destino insistir em me tirar
Não adianta nem rezar
O jeito e tentar viver
E de uma vez esquecer
Que um dia pude te amar

Ler conteúdo completo
Indicados para você