[ editar artigo]

Tu me vês, mas não me enxergas

Tu me vês, mas não me enxergas


Tu me olhas por alguns instantes
Todos os dias, um julgamento
Toda a semana, uma conclusão
Tu me vês passar em silêncio
Ou a falar sozinha
De cara fechada, porque sou assim
Logo pensas que sou indiferente
Esquisita, metida

Tu me reparas, da cabeça aos pés
Nota minha roupa que não é da tal moda
Logo pensas que não tenho estilo
Pois não mostro muito além da pele
Não combino as cores
Diz que não sou atraente
Pois não rebolo até o chão
E não uso decote

Tu me segues com o olhar
Mas não me enxerga
Nem nunca me verá
Nem tão pouco provará
Da alegria de me conhecer

#Literatura #Poesia 

EternizArte
Karen Rodrigues
Karen Rodrigues Seguir

Olá, meu nome é Karen Rodrigues, tenho 29 anos, sou de Minas Gerais. Escrevo desde os 11 anos, amo ler e escrever, e tenho a plena convicção que posso inspirar através da arte escrita. Poetizar é mais que uma mera arte, é conectar e dar voz a alma.

Ler conteúdo completo
Indicados para você