[ editar artigo]

TRANÇA

TRANÇA

Bruxa, fada, princesa...

Do meu castelo suntuoso,

Nas janelas altas da torre,

Te busco no horizonte,

Sou bruxa,

Minha porção do amor fervilha,

Não te vejo...

Sou fada, tenho asas para voar até você,

Mas não sei por onde andarás,

Sou princesa,

Da alta torre jogo as tranças,

Espero que em cavalo branco chegue amante,

Pelas minhas tranças chegarás até mim,

E entregar-te-ei todo o meu amor...

 

EternizArte
PETRONILHA ALICE ALMEIDA  MEIRELLES
PETRONILHA ALICE ALMEIDA MEIRELLES Seguir

PROFESSORA MESTRE E LÍNGUA PORTUGUESA, LINGUISTA, PSICOPEDAGOGA, ESCRITORA DE LITERATURA INFANTIL E POETISA.

Ler conteúdo completo
Indicados para você