[ editar artigo]

Tem alguns pensamentos meus, nas nuvens de chuva

Tem alguns pensamentos meus, nas nuvens de chuva

 


Dia de Céu escuro,
observado por grade e muro.
O sopro do vento,
me cogita um outro intento.
Se..,,novamente o dispor do chover,
eu eis então,envidar-me de algo para ler.

Algo novo para se conhecer.


Me ater;
pois..,
diariamente,
minhas células,
infelizmente...;
estão a ruir.
Sem ao menos,um discreto fingir.
Uma colocação ou um abraço dissimulado,a me distrair

Tempo,que goza o encurralar de sua presa,
sem pressa ou tristeza.

Ler conteúdo completo
Indicados para você