[ editar artigo]

Soprando Estrelas Celestes com pedidos rupestres

Soprando Estrelas Celestes com pedidos rupestres

 


Violáceos funéreos;
Galácticos pósteros.
Gangorras de sagrações,em túmulos de absolvições.
Prantos em canções.



Como um valido balseiro de escritas lições,
testemunhara,pérolas pingadas de sangue;
exauridas em um costumeiro mangue.
Carruagens,de proclamados guerreiros em assoladas carnagens,
em ritos,de ilusórias coragens
Exangues aragens,
em serenas pastagens.



Em ínterim redoma firmamento,
indefinidamente,varrem,em um interno contento.
O Tempo com seu proclamar de constrangimento,
quedara sempre,um novo e suposto intento.
Mas,aprestais-vos,
viera perpetuamente,com coloridas fitas de lamento.
 

Ler conteúdo completo
Indicados para você