[ editar artigo]

Sereia sem mar

Sereia sem mar

Sereia sem mar

 

Pela manhã obscura,

 

Descobri que sou uma sereia,

 

Perdida do seu amor,

 

O profundo oceano azul.

 

Acordei e emaranhado

 

Em meu cabelo longo,

 

Descobri que estava na areia,

 

De um desértico labirinto,

 

Lugar quase desconhecido e hostil.

 

catarina dinis pinto

 

pintura Leslie Allen

TAGS

sereia

Ler conteúdo completo
Indicados para você