[ editar artigo]

Sentença viva

Sentença viva

Espero que o tempo me domine
Aqui neste espaço sem medidas
Sem uma risca sequer
E faça de mim o que quiser

Desejo que o ano me prenda
Numa jaula minúscula sem pudor,
Sem ter o mínimo sequer
E faça de mim o que quiser

Quero que o mês me torture
Usando somente o que há de pior,
Sem um pingo de remorso sequer
E faça de mim o que quiser

Imploro que a semana me sabote
Contando vantagens ao seu favor
Sem um senso sequer
E faça de mim o que quiser

Declaro que o dia seja meu algoz
E me leve até o criador chamado Hoje,
Sem um segundo à mais sequer
E faça de mim o que quiser.

 

 

Ler conteúdo completo
Indicados para você