[ editar artigo]

Selos, elos e erros.

Selos, elos e erros.

Notícias ruins 
não venham rápido.
Coisas bobas se perderam no asfalto.

E antes de chegar todo atrasado,
de ficar todo descabelado.

Deixa eu só te dizer
que foi por você,
que escolhi estar
apaixonado.

Porque você sabe
que não é clichê,
todas frases certas,
falo sem querer.

Que ainda não achou o seu lado.
Vira tudo ao contrário,
entende tudo certo e errado.

Criança,
demais pra entender
como funciona as coisas,
de mais pra aceitar
que o amanhã já é passado.

A vida passa tão rápido.

Criança,
demais pra falar
que nunca está errado.
Hoje eu acordei e não fiz nada.
Coisas simples são pequenas causas.
Faça agora,
não se arrependa por fazer algo que gostava.

O pior sentimento é notar
que falta algo que você deixou pra trás...
e não poder voltar.

Notícias ruins vem a cavalo.
Antes de chegar ao seu destinatário,
antes mesmo de me perder em teus braços.

Deixa eu só te dizer 
que foi por você
que escolhi morrer em mil pedaços.

Porque você sabe 
que todos esses laços
não se juntam como um selo rasgado,
que não achou seu caminho de casa.

Tão bobo pra acreditar.

Tão ingênuo
a ponto de dizer
que ainda acredita
na felicidade.

Selos, elos e erros.
Etiquetas e destinatários incorretos.

Nada vai para seu devido lugar.


Da obra: Todas as músicas que eu nunca cantei.

 - Hudson Henrique

https://linktr.ee/hudsonhenrique

EternizArte
Hudson Henrique.
Hudson Henrique. Seguir

Hudson Henrique. Escritor e compositor brasileiro. Ganhador do primeiro concurso EternizArte, com o poema "Assoprando dentes-de-leão contra a tempestade". Site oficial: www.hudsonoficial.com Aonde me encontrar: https://linktr.ee/hudsonhenrique

Ler conteúdo completo
Indicados para você