[ editar artigo]

RASURA

 

essa rasura

em tua boca

vai além

da desventura cínica

tudo à mostra

esse neon no abraço

as possíveis cartas

com as tintas de maio

e tua letra torta

rompendo a claridade

o azul da manhã

decora teu lençol

a xícara escorre

entre teus dedos

pra começar o dia

enquanto for possível

estancar de relance

o desconforto do querer

essa linha imaginária

atravessa tuas superfícies

eu decoro a estrela

que se apaga

distinta descrição

rabiscada na mão

sobre a mesa

ainda sobrou um cigarro

e não esqueça

antes de ir embora

apagar

a tinta vermelha do batom

essa rasura da tua

na minha boca.

 

 

 

EternizArte
Marcelo de Sousa
Marcelo de Sousa Seguir

Marcelo de Sousa, é músico e mora em Brasília

Ler conteúdo completo
Indicados para você