[ editar artigo]

Quem dera se todos os dias fossem de alegria

Quem dera se todos os dias fossem de alegria

 

Quem dera se todos os dias fossem de alegria

Se não houvessem despedidas

E tudo fosse amor

 

Até as flores possuem espinhos

Existem pedras no caminho

E também existe dor

 

Será que a alegria seria valorizada

Se fosse todos os dias vivenciada?

Tudo depende da perspectiva que lhe é dada.

 

Talvez as pedras no caminho surgiram para explorarmos possibilidades.

Se vamos recuar, se vamos pular ou ir além da metade.

A questão é: o que importa de verdade?

 

#Poesia #Concurso #Eternizarte

EternizArte
Luciara Batista Gonçalves
Luciara Batista Gonçalves Seguir

Olá ✨ Me considero uma pessoa espontânea e persistente. Apaixonada pela natureza, poesias, café, dias nublados e chuvosos. Sou e estou em constante construção. Instagram:@luciarapsico

Ler conteúdo completo
Indicados para você