[ editar artigo]

Porta entreaberta

Porta entreaberta

Texto: Porta entreaberta, Garbo Nael

Pintura: Estudo de Mulher, Rodolfo Amoêdo

Deslumbrante e singular fascínio abateu-me o discernimento ao divisar a figura do teu corpo desnudo pela porta entreaberta. Tal como explorador curioso a tentar desvendar os segredos obscuros do desconhecido, faceio o teu generoso semblante adormecido na expectativa de percorrer as minudências mais secretas da tua sublime composição. Teu generoso perfil curvilíneo, serenamente repousado nos alvos lençóis do leito outrora desprezado, denota realidade por mim jamais vivenciada. Teus cabelos levemente ondulados correm-te o ombro e a espalda como a vegetação virgem de uma plácida enseada que adorna o litoral sem lhe encobrir as belezas primitivas. Teus olhos pacificamente cerrados traduzem o mesmo aconchego e confiança que o mar oferece à lua quando lhe convida a deitar sobre seu escuro manto enigmático. Teus doces e delgados lábios remetem-me aos mais aprazíveis e variados sabores do mundo enquanto teu colo destrona-me a calmaria que intento conservar. Meus olhos, já envaidecidos, fartam-se de encanto ao alcançar a majestosa elegância dos teus seios rijos, tal como a robustez inflexível dos rochedos litorâneos do Atlântico. A voluptuosidade da tua cintura e ancas estremece-me o equilíbrio numa exorbitância ímpar que me seca a boca e rega as intenções. Sem mais poder refrear a ânsia evidente da minha fecunda imaginação, alcanço tuas vigorosas coxas macias tão bem delineadas quanto o horizonte discreto de um fim de tarde vazante. Suspirando em contido silêncio, deslizo até os teus joelhos de traços sutis, fugindo rapidamente para a admirável perfeição dos teus graciosos pés harmônicos. Aí, então, já plenamente subjugado, percebendo-me vastamente inundado por emoções inéditas e pensamentos mundanos, empreendo viagem regressa, decorando minuciosamente os teus incomparáveis contornos de fêmea soberana para que nunca deixem de me ocupar os sentidos, a mente e o coração.

#Poesia #Concurso #Eternizarte

EternizArte
Garbo Nael
Garbo Nael Seguir

Garbo Nael (pseudônimo para Leandro Carvalho Braga) é carioca, casado, pai de dois filhos. Busca manifestar no papel a sublimidade de sentimentos que elevam o estado de espírito de pessoas comuns a um patamar mais cristalino e sincero de existência.

Ler conteúdo completo
Indicados para você