[ editar artigo]

Pedido de socorro

Socorro! Socorro!

Gritava em vão.

Necessito de cuidados

E proteção!

 

Se não me ajudar,

Você vai padecer,

E profundamente

Irá se arrepender.

 

O tempo passava,

Ela suplicava,

Mas nada adiantava!

 

 

 

Socorro! Socorro!

Estava a agonizar.

Sem mim sua vida

Vai acabar.

 

A felicidade

E seu bem-estar

Sem minha bondade

Logo irá cessar.

 

O tempo passava,

Ela alertava,

Mas nada adiantava!

 

 

 

Socorro! Socorro!

Ela fazia um alarde.

Olhe por mim

Antes que seja tarde!

 

Eu o amo

Mas estou morrendo!

E só reclamo

Por te ver sofrendo.

 

O tempo passava,

Ela protestava,

Mas nada adiantava!

 

 

 

Socorro! Socorro!

Não seja indiferente!

Reaja! Me salve!

Me sinto impotente!

 

Se quer alegria

E tranquilidade.

Comece a agir

Com responsabilidade.

 

O tempo passava,

Ela explanava,

Mas nada adiantava!

 

 

Socorro! Socorro!

Estou fraca e perdida.

Faça algo por mim

Ou perderá sua vida.

 

Passe a me dar

O devido valor,

Ou irá amargar

Em tremendo horror.

 

O tempo passava,

Ela invocava,

Mas nada adiantava!

 

 

 

Socorro! Socorro!

Tenha piedade

Não aguento mais

Tanta insanidade!

 

Se me perder

Infeliz você será.

Já não posso conter

O mal a se alastrar.

 

O tempo passava,

Ela ameaçava,

Mas nada adiantava!

 

 

 

 

Socorro! Socorro!

O que fiz de ruim?

Se só te dei

O melhor de mim?

 

Porque só me pune

E destrói o que tenho?

Te dou alegria

E me devolve veneno!

 

O tempo passava,

Ela rogava,

Mas nada adiantava!

 

 

 

Socorro! Socorro!

Não peço por mim.

Te amo tanto

E não quero seu fim!

 

Porque é tão fácil

Me fazer sofrer?

Se com sua inteligência

O mal pode reverter!

 

O tempo passava,

Ela argumentava,

Mas nada adiantava!

 

 

 

Socorro! Socorro!

É assim que termina

Minha triste

 E fúnebre sina?

 

Espere! Não morra!

Somos um só coração!

Se eu te perder

Só restará destruição.

 

Desculpe milha falha

E tamanha fraqueza

Me dê outra chance

Mãe natureza!

 

O tempo passava,

O ser humano lutava,

Mas já não adiantava!

 

 

O mundo então, foi transformado,

A humanidade se regenerou!

O planeta inteiro foi curado,

Com o remédio infalível chamado amor!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EternizArte
Ler conteúdo completo
Indicados para você