[ editar artigo]

Pandemia: Não me importei

Pandemia: Não me importei

A China anunciou os primeiros os casos, mas não me importei,

É mais um surto provocado pela má alimentação do chinês,

Alguns meses depois chegou ao Brasil, mas não me importei,

Preferi ouvi a insensatez e confiei é apenas uma "gripezinha"

Vamos continuar com o trabalho para não atrapalhar a economia,

Em março surgiram as primeiras mortes, mas não me importei,

Oras, são apenas os grupos de riscos: idosos, diabéticos e hipertensos

Mais uma vez não usei meu bom senso,

Aos poucos escolas, comércios, shoppings paralisaram,

Eu continuei não me importando e nas ruas continuei transitando,

A doença avançou chegou ao meu Estado a minha cidade,

Agora as vítimas fatais podem ser de todas as idades,

Hospitais entraram em colapso,

Não têm remédios, ambulâncias, EPIs suficientes

As UTIs são disputadas entre os pacientes,

Profissionais de saúde foram atingidos pela contaminação,

Mais uma vez não me importei

Oras, foram eles que escolheram essa profissão,

Sou saudável, com meu histórico de atleta e com minha esperteza

Não vou pegar esse vírus com toda certeza,

A contaminação avançou, o número de óbitos avançou,

Funerárias entraram em colapso, mas não me importei,

Isso é fake news!

Acreditei e não questionei, estão enterrando caixões vazios,

Vou continuar saindo sem usar máscaras e nem álcool em gel,

Não, não sou do serviço essencial e nem preciso sair,

Só não tenho medo da contaminação,

Apenas não quero usar, essa é a minha OPINIÃO!

Minha casa foi atingida,

Eu levei o vírus no meu corpo,

Minha mãe, pai e irmão foram contaminados

Logo eles que não saiam e ficaram isolados,

Não pude me despedir,

Com os caixões fechados dei adeus a minha mãe, a meu pai, ao meu irmão,

No corredor deste hospital não consigo chorar,

Não tenho forças nem para respirar e com restante de vida que tenho

E antes que essa doença me invada por inteiro,

Digo a pandemia não é uma farsa

Pelo seu bem, pelo bem do outro e pelo bem de todos fica em casa.

Foto:Divulgação/Getty Images via BBC

EternizArte
Keth Braz
Keth Braz Seguir

Escrevo poesia desde 14 anos. Sou apenas uma poeta que externiza através das palavras as inquietações que sopram dentro de mim.

Ler conteúdo completo
Indicados para você