[ editar artigo]

Os Ocultos habitantes da noite

Os Ocultos habitantes da noite

Ele,o espectro, insiste ,em ser meu acelerante,meu condutor à prematura partida.Em nosso próximo e  breve "encontro", ajustarei nossa "discordância".


E ao Espectro ,definirei:
 

-Se conseguir ,através de "suas mãos" ,meu óbito;ao me tornar "semelhante a você",perseguirei sua prole e entes-"pela minha nova condição".
Desista, se os ama.Perderá ,com sua vitória.Sua pantomima de "objetos e recados" ,meu sangue espargido,não mais me assusta.
Seu ato esforço de exsanguinação  a mim,á sua alma ,que eu hei de esvair.
 

 

    • Se você os vir, todos irão dar a você, uma explicação;de um Pesadelo.Não duvide de seus olhos,não questione sua sanidade,guarde para si ,se a descrença alheia, zombar de sua certeza.
        • Faça de sua experiência,o acordar para um Mundo Oculto.
         
          • Não tente lutar sozinho, com forças das quais ,você não conhece.
           
          • Tente achar uma explicação especializada ,com alguém da área(durante o dia) ;se não houver,procure alguém sério na rede.
          • Procure saber a História do Local
          •  Se puder ir embora desse local,vá!! 
           
          •  Não os provoque em voz alta ,com dizeres de insultos,de seu insinuar de não medo.

           

          Sempre ,ouvi a minha vida inteira:
          "-Não se deve temer os Mortos,somente os Vivos"

          Ledo Engano.


          -Desfrute "o preparo", com a vigência momento, do Sol;pois ele é sim,o protetor das "visitas" e entrares ,não desejados.

           

          Ler conteúdo completo
          Indicados para você