[ editar artigo]

O Velho Andarilho

O Velho Andarilho

Seus verões sempre foram bem descoloridos,

Mas aquele foi o mais monocromático.

 

Antes bem tratado, agora apenas um cão usado

É um velho andarilho

Que pensava ser o mais amado

E virou o maltrapilho

 

Vive de esquina em esquina,

Pedindo amor e também comida.

O que o alimenta é a esperança

De (re)encontrar um sorriso de criança.

 

Lá, ficou parado.

Inanimado... Encarando um lugar,

No qual só havia o vazio,

De memórias recheado.

 

O velho andarilho se sentou,

Cansado e esperou,

Que suas memórias se tornassem verdade outra vez

E o fizessem crer que acreditar no amor não era uma simples insensatez...

 

Imagem de Rodrigo Joaquin Mba Mikue por Pixabay 

#Poesia #PoesiaSobreAbandono #PoesiaSobreCão #Cachorro #CãoIdoso #CãoAbandonado #Abandono #PoesiaSobreAbandono #OVelhoAndarilho #KimberllyBonis

EternizArte
Kimberlly I.B.
Kimberlly I.B. Seguir

Sempre fui apaixonada por todas as formas que arte possui de se apresentar, principalmente a literatura e o cinema. Apesar de um dia tomar outros rumos na carreira profissional, pretendo conciliar sempre ela com o meu dia a dia, pois me faz feliz.

Ler conteúdo completo
Indicados para você