[ editar artigo]

O que foi isso?

O que foi isso?

Já nem sei mais o que me é o pensar
Sou tanto de sentir que me deixo
meio aprisionado e em tanto desleixo
Aprendo agora a parar.

De tempo em tempo, de vela em vela
Entrego arte e assim escrevo
notas presas mas nem me atrevo
de não dizer que a vida é bela.

Trouxeste luz p'ra minha escuridão
Com teus olhos lindos, profundos e brilhantes
Lapidado do mais puro e raro dos diamantes
Agora sou de todo imensidão.

Parece que a vida quer nos pregar uma peça
De sentimento louco e muito sincero,
de peito aberto e de todo esmero.
E isso tudo é louco a beça.

Eu quero mais e não me escondo...

Ler conteúdo completo
Indicados para você