[ editar artigo]

O poema!

 

Ele está pulsando em minha veias

Queimando minha alma,

sua fumaça está sufocando minha garganta

Gritando para ser dito

Implorando para ser ouvido

E clamando para ser dito

Ele me deixa sem ar

Faz meu coração parar,

Mas ao mesmo tempo o faz acelerar

O poema!O poema!

Ele me consome

Martela na minha cabeça

E faz com que eu nunca o esqueça

Me dá prazer, me dá tristeza

E traz uma tranquilidade que sem ele não pode ser vivida

suas palavras querem ver o mundo

Cada palavra, cada verso,

É sussurrado em minha alma

Aquele poema me desperta e me acalma

Ler conteúdo completo
Indicados para você