[ editar artigo]

O GRITO DO MEIO AMBIENTE

O GRITO DO MEIO AMBIENTE

 

Não me destrua, eu sou o teu ar,

Sou a floresta, parem de me desmatar!

Eu sou a água, eu sou a vida,

Eu sou a Terra, a tua mãe querida.

 

Hei! Pare! Escute o meu grito!

São três elementos, vivendo o maior conflito

Não ver que eu, sou o teu pulmão?

Não me destrua, sou tua respiração.

 

UNESCO,  COPs, Estocolmo, Rio 92,

Kyoto, Copenhague,  a Rio +20 foi

Grandes  tentativa, mas não veio a solução

A terra virou estufa, cadê a sensibilização?

 

Hei! Pare! Escute o meu grito!

São três elementos, vivendo o maior conflito

Não ver que eu, sou o teu pulmão?

Não me destrua, sou tua respiração.

 

Parem! me ouçam! Antes que chegue ao fim

Não ver que está matando, você e também a mim

Faça a sua parte, não perca tempo não,

Transforme, preserve, a vida só tem uma, irmão.   

 

Hei! Pare! Escute o meu grito!

São três elementos, vivendo o maior conflito

Não ver que eu, sou o teu pulmão?

Não me destrua, sou tua respiração.

 

Autora: Deuza Maria da Silva

 

 

Ler conteúdo completo
Indicados para você