[ editar artigo]

O Coven de Átrea Mougue

O Coven de Átrea Mougue



O umedecido e enfolhado chão de Férquez(*A floresta do Coven de Átrea Mougue,uma Bruxa-líder),encobre os passos de antigos Feiticeiros vigentes.As árvores,ainda detêm o emane de súplicas e invocações.

Rogos.


A trilha dos sussurros,ainda têm,murmuras.Ainda têm ,toques inesperados nos ombros de errantes.Transeuntes desinformados e ,não crentes em lendas.
Áreas pantanosas,provocam aos peregrinos de exploração campestre,a certeza, de cabeças emergindo e,em um piscar de olhos....,seu sumir.


Uma interpretação de pareidolias em vegetais.

-Segundo ,os assustados e afirmadores da razão-da prudência.


A Ciência,é a magia do conhecimento.
o Conhecimento em magia,é a ciência ,em cânulas ocultas.

 

 




"Ao adentrar em Solo Coven,fuja ,antes de sua Prece"



"Há lugares,que orar,apenas o fará esperar por um milagre ausente"



"Quando não a Ciência.a Magia; "

 


 

Vou Aturdir no intuito Travesso,um Embuste para uma mazurca descompassada.Será um apinhado colisivo.
Um Voltaico Humano.

Fricções de Palavras e peles ,com ossos impactados.

Abaixo da linha do Limbo,é isonomia.
Aos Infernados,seus mandamentos.

Com Feita ação,hei de ser equiparado?
Não,apenas um condutor para uma observada punição.

Aos bons,meu humilde quinhão.

Mas,meu deixar  em Fuga, razão do tento.

 


Átrea Mougue-personagem by santidarko

 


 

Ler conteúdo completo
Indicados para você