[ editar artigo]

Na pele da existência

Na pele da existência há algo que somos. No coração, habita um outro que também nos forma e deforma. No silêncio, perdemos-nos em nossos labirintos e, por lá, aniquilamos todos os sentidos para assim podermos sobreviver ao próprio sentir.

O Sabre da Serpente

EternizArte
Henrique Palhares
Henrique Palhares Seguir

Amante das letras que me dá sonhos!

Ler conteúdo completo
Indicados para você