[ editar artigo]

Limite de Terra e Águas

Limite de Terra e Águas

 

Levar-te à praia é no mínimo perigoso,

Tem medo de te perder o continente

E o mar, pensando que te ganhará, contente,

Balança-se num ondear ardiloso.

 

Começa a peleja no qual o vitorioso

Terá a ti, menina, como presente,

E se alija o mar em sua corrente

E te oferece a terra um coco gostoso.

 

Tal pugna me deixa mais enamorado.

No limite de terra e águas,

Pusemos nos dois inimigos mágoas.

 

Teu beijo foi doce, conquanto o mar te tenha salgado.

E num abraço removi de ti toda a areia,

Confirmando que é a mim que te me presenteias.

 

#Poesia #Concurso #Eternizarte

Ler conteúdo completo
Indicados para você