[ editar artigo]

LIBERDADE DISFARÇADA ! Poesia Autoral Poeta : Atanael Barros

LIBERDADE DISFARÇADA !

Poesia Autoral
Poeta : Atanael Barros

 Venho aqui falar de um povo, história de escravidão que escondeu seu amor sofreu com sua cor e a religião.

Hoje aqui estou feliz que a escravidão amenizou, mais em nossa sociedade o preconceito aumentou, pra eles preto é burro sem carácter e amor.

Temos que mostrar que é diferente, tudo aquilo que alguém falou, pois negro é cultura e a sua armadura e o seu valor.

Sou negro com amor, não vou viver preso a correntes pois tenho conhecimentos suficiente pra defender a minha cor.

O meu cabelo afro é uma coroa natural o meu tom de pele não me define sou de uma raíz uma nação que procura liberdade como forma de expressão.

A realidade é pesada o preconceito pode surgir da sua casa, em meio a tanta confusão vêm depressa a depressão.

Vamos para pra pensar nunca vá desanimar, mas agora vou falar desse grande desrespeito o branco o especial o deficiente visual também sofre preconceito.

As senzalas de hoje em dia é a nossa própria mente se você der uns vacilos ela te tranca de repente, deixando esquentado vazio ou desolado nosso subconsciente.

Ahh! Sinto o verde das matas o ar a terra o fogo os mares o batuque no quilombo ouço o grito de palmares , a ecoar pelas campinas dizendo - me, filho não negue tua cor, origem e religião, respeite as demais para fazer união.

Negro é exemplo de luta, mas não é nada sem uma boa conduta, você tem um dom que trará muita emoção que é escrever entre essas linhas, poemas, versos e rimas pra toda população.

Atanael Barros.

#poesia #concurso #Eternizarte

Ler conteúdo completo
Indicados para você