[ editar artigo]

Imaginação

Não há limites 

Não há barreiras

Não há fronteiras

Não há goteiras 

 

É apenas uma parcela

Do gracioso infinito 

Que cabe em nossos crânios

De um jeito tão finito

 

Fico até emocionado

Em imaginar

Tantos detalhes 

Contidos num olhar

 

Várias cores

Várias formas

Pra se apreciar

E não se intimidar

 

Talvez eu esteja sonhando

Que vago por aí observando

Um milésimo do infinito

Ou talvez esteja apenas imaginando

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EternizArte
Ler conteúdo completo
Indicados para você