[ editar artigo]

HAJA LUZ

 

Haja luz

 

Fonte de amor inesgotável,

Jorra dos mananciais da criação,

Invade o espaço outrora sem vida,

E dá início ao gigantismo da partilha de sua glória.

Do íntimo de nosso Deus surge a Terra,

De sua vontade ilimitada de criador,

Será trabalhada nas mãos do Oleiro,

Do vazio à perfeição criada para os filhos amados do Senhor,

Detalhes de amor e cores,

Sob o seu olhar os mares e as terras tomam seus lugares,

E a vida nasce,

E a vida em abundância nos alcança,

Haja luz!

Que nossos olhos a reconheçam,

Eis que ela vem,

E dá vida à criação,

Prenúncio do Senhor,

Luz das nações,

Prenúncio do juízo,

Que dissipa as trevas.

 

 

EternizArte
Sergio Ricardo de Carvalho
Sergio Ricardo de Carvalho Seguir

Sociólogo, professor, escritor de temas diversos, desde drama, comédia a peças teatrais com personagens próprios, poeta e contista, amante da arte das escritas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você